OS NAMORADOS (Gonzaga Leão)


Primeiro eu os vi na praça
mas havia tantos pombos
que quando os vi se beijando
pensei que a praça arrulhava.

Depois eu os vi na praia
e porque um mar havia
eu não sei se eles se amavam
ou era o mar que gemia.

E os vi em outros lugares
em templos becos e bares
até que aconteceu

que mais do que os namorados
anoite sentiu-se grávida
e ai a manhã nasceu.

*Tijolo sobre tijolo/palavra sobre palavra 
(Imprensa oficial Graciliano Ramos 2012 - pg 59) 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A Minha Avó Dizia-me...' (Paola Klug)

Receita Para Arrancar Poema Preso (Viviane Mosé)

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Literatura das Ruas (Sergio Vaz)