Postagens

Samba da Utopia (Jonathan Silva)

Imagem
Se o mundo ficar pesado Eu vou pedir emprestado
A palavra poesia
Se o mundo emburrecer
Eu vou rezar pra chover
Palavra sabedoria

Se o mundo andar pra trás
Vou escrever num cartaz
A palavra rebeldia
Se a gente desanimar
Eu vou colher no pomar
A palavra teimosia
Se acontecer afinal
De entrar em nosso quintal
A palavra tirania
Pegue o tambor e o ganzá
Vamos pra rua gritar
A palavra utopia

*Foto by (Cristiano Mariz/VEJA) 04 de Janeiro 2018
Ouça a música

Nenhuma Qualquer (Paulo Miranda Barreto)

Imagem
Meu bem. . .
mulher nenhuma
é ‘qualquer uma’

nem tem
que bem- querer
quem mal lhe quer . . .

meu bem
toda mulher
é supra e suma

orquídea
que perfuma
se quiser . . .

qualquer mulher
é todas. . .
doce Luma

porém,
mulher alguma
é ‘uma qualquer’. . .

PAULO MIRANDA BARRETO
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

"Brasil" (Sergio Vaz)

Imagem
A mulher
repleta de lama,
chora.

O homem
feito de barro
desaba em lágrimas.
De aço mesmo,
só a vida
-essa lâmina cega que corta
sempre do mesmo lado.

Foto @diniloris 2015

"Quando For Fazer amor" (Zack Magiezi)

Imagem
Quando for fazer amor.
Faça nu.
Tire os diplomas.
O Status.
Sucesso profissional.
Suas etiquetas de grife.
Tire a chaves do carro.
Os cartões de crédito.
Tire tudo.
Até só sobrar a deliciosa.
Apimentada humanidade.


Siga o autor no Instagran.

Neruda (Rafael Britto)

Imagem
Não me prive do consolo do seu olhar terno
E nem troque as fechaduras do seu coração
Acabe com esses delírios tão inquietos
Pois estou perto e certo que temos solução

Se eu posso viver tudo isso de novo, posso lhe fazer feliz agora...

Se deite na areia da praia mais linda que ver
Relembre seus momentos felizes comigo
Refaça as coisas que não deram certo
Procure nas ondas da vida um mar de sorrisos

Se eu posso viver tudo isso de novo, posso lhe fazer feliz agora...

Volta pra casa, trazendo as malas de sua viagem
Na bagagem mostra por onde seu sonho passou
O que soprou o vento em seus cabelos
Remete-los ao acordar que nossa vida já chegou

Se eu posso viver tudo isso de novo, posso lhe fazer feliz agora...

E se você dormir por estar confusa com isso
Cismo eu mesmo de tentar te ajudar
Acompanhar seu sofrimento tão impreciso
Algo tão ambíguo, mas querido, como o mar

Se eu posso viver tudo isso de novo, posso lhe fazer feliz agora...

Sou péssimo com as palavras e formas
Não sei se entende …

Ainda Cabe Sonhar (Jonathan Silva)

Imagem
Bordar, num pano de Linho
Um poema Tambor que desperte o vizinho.
Pintar, no asfalto e no rosto
Um poema alvoroço que adormeça a cidade.

Dançar com tamancos na praça
Cantar, porque um grito já não basta
Esfarrapados, banguelas e
Meninos de rua, poetas, babás.
Vistam seus trapos, abram os teatros,
É hora de começar:
Alerta, desperta, ainda cabe sonhar.
Alerta, desperta, ainda cabe sonhar.