SOBRE A SAUDADE (Magno Francisco da Silva)





Saudade não é metafísica da alma
Tampouco substância do coração.

Saudade é desejo de potência
Ato sem mediação.

Saudade é ser temporal
No tempo da solidão.
Movimento contínuo da vida 
Que nega a inflexão.
Saudade é o próprio rio
Que dói nos ossos de frio
Em pleno calor do sertão.
Copyright © 2013 by Magno Francisco da Silva
All rights reserved.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

FICO ASSIM SEM VOCÊ (Abdullah / Caca Moraes)

CANA DE AÇUCAR (Emanuel Galvão)