SOBRE A SAUDADE (Magno Francisco da Silva)







Saudade não é metafísica da alma
Tampouco substância do coração.
Saudade é desejo de potência
Ato sem mediação.


Saudade é ser temporal
No tempo da solidão.
Movimento contínuo da vida
Que nega a inflexão.
Saudade é o próprio rio
Que dói nos ossos de frio
Em pleno calor do sertão.


Copyright © 2013 by Magno Francisco da Silva
All rights reserved.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Mulher Sem Limites (Romance de Flor) (Emanuel Galvão)

'A Minha Avó Dizia-me...' (Paola Klug)

Receita Para Arrancar Poema Preso (Viviane Mosé)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)