A Missão (Sidney Wanderley)



Todas as palavras e despalavras
que haviam de ser ditas, malditas
-todas-,
já o foram.

Mesmo o silêncio, fala sem voz,
em seus inumeráveis disfarces e variações
-todos-,
já se fez.


Por isso beber horizontes ou vomitar espantos,
estudar Platão ou os equinodermos,
xingar uma fruta, padecer de amídalas,
dormir sobre pregos ou ao som de Haydn
tornam-se-me indiferentes.

Por isso é que escrevo:
para dar fé e testemunho de minha humana condição
e sua soberba inutilidade:
para nada.

Gostou? Compartilhe nas redes sociais.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Curta A Nossa Fanpage

Novo Livro

Novo Livro
Você pode compra-lo ligando para (82) 99653-4849

Desfrute, leia, curta e compartilhe boa leitura. Volte sempre!

O que está procurando?

Muito grato pela sua visita. Visita de Nº




Instagram

Recent In Internet

Poesia em seu Smartphone ou Iphone

Poesia em seu Smartphone ou Iphone
use seu leitor de Qr Code

Receba Novidades

RECEBA GRATUITAMENTE NOVIDADES DO BLOG!

Coloque seu e-mail abaixo:

Poesia Galvaneana