SILÊNCIO (Magno Francisco da Silva)

Júpiter (esq.) é visto ao lado da Lua (Anoitecer na Europa)

Olhe para o céu
Júpiter está ao lado da lua
E eu? Estou aqui sem você.


Picasso, Da Vinci, Portinari
Pintem o mundo! Por favor!
Para reconstruir a alegria.
Médicos e marxistas
inventem o remédio para a dor da alma
Que essa dor não tem cura
foi feita para
Sentir
A ausência de tudo
A presença do nada
Sempre 
Prefiro a dureza das palavras
que a poesia do Silêncio.


Copyright © 2013 by Magno Francisco da Silva
All rights reserved.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Eu Te Desejo (Flávia Wenceslau)

'Eu desejo que você consiga...' (Marla de Queiroz)

Olhos (Ademir João da Silva)

Harmonia (Marla de Queiroz)

Elogio ao Desejo (Emanuel Galvão)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)