BILHETE (Mario Quintana)



Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos


Deixa em paz a mim!
Se me queres,
enfim,
tem de ser bem devagagarinho, Amada,
que a vida é breve, e o amor mais breve ainda...

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)