RITUAL (Valmir Pimentel Amaral)



Quando o amor vier, quero estar preparado,
orgulhoso pela condição de ser um mortal.
Vestir-me da minha nudez.  Imaculado
corpo humano, provido do bem e mal.

Quando o amor vier, prová-lo-ei por completo,
destinando a minha razão aos porões do esquecimento.
quero ser um oásis no mais árido deserto,
para saciar a tua sede no meu contentamento.

De mãos dadas, quero recebe-lo contigo.
De mãos dadas, abraçando n’alma este doce perigo.
Termos, de tudo, um pouco e, de tudo, o mundo.

Deixemo-lo invadir-nos, tomando-nos a respiração.
Fazê-lo conhecedor das nossas almas, oriundo
ser de plêiades existentes em cada humano coração.


 Copyright © 2013 by Valmir Pimentel Amaral
All rights reserved.



Gostou? Compartilhe nas redes sociais.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Curta A Nossa Fanpage

Novo Livro

Novo Livro
Você pode compra-lo ligando para (82) 99653-4849

Desfrute, leia, curta e compartilhe boa leitura. Volte sempre!

O que está procurando?

Muito grato pela sua visita. Visita de Nº




Instagram

Recent In Internet

Poesia em seu Smartphone ou Iphone

Poesia em seu Smartphone ou Iphone
use seu leitor de Qr Code

Receba Novidades

RECEBA GRATUITAMENTE NOVIDADES DO BLOG!

Coloque seu e-mail abaixo:

Poesia Galvaneana