Escambo (Emanuel Galvão)





 Acredito que o amor à primeira vista
Possa parecer fascinante
Acredito em amor a primeira vista!
Mas não acredito que seja cego
- amor finge que não vê –
Porque se distrai
Com coisas lindas e banais
Porque o que os olhos não veem
O coração não sente
Acredite em amores inocentes
Acredite em amores à primeira vista.


Amor deve ser sempre à vista.
Por isso desista
Dos amores à prestação,
Dos amores em promoção,
E principalmente
Os de liquidação
Têm sempre noventa por cento
De o saldo dar errado
– amores desesperados –

Amor tem que ter crédito
Mas não se paga com cartão
Amor se paga com amor
Amor é escambo!
– primitivo amor que dá e recebe –
Onde beijos e carícias
São moedas fortes.

Amores de valores
Não estão disponíveis em bolsas
Não permitem sociedade anônima
Não podem ter paralelos, nem é comercial.
Amor que é amor, não se abala:
Com boatos ou especulações
- sentidos e corações –
Não se fiscaliza, nem se assegura em contrato.
Amor enxerga...
Mas acredite!
Lidar com amor

É uma questão de tato.

Copyright © 2007 by Emanuel Galvão
All rights reserved.

Gostou? Compartilhe nas redes sociais.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Curta A Nossa Fanpage

Novo Livro

Novo Livro
Você pode compra-lo ligando para (82) 99653-4849

Desfrute, leia, curta e compartilhe boa leitura. Volte sempre!

O que está procurando?

Muito grato pela sua visita. Visita de Nº




Instagram

Recent In Internet

Poesia em seu Smartphone ou Iphone

Poesia em seu Smartphone ou Iphone
use seu leitor de Qr Code

Receba Novidades

RECEBA GRATUITAMENTE NOVIDADES DO BLOG!

Coloque seu e-mail abaixo:

Poesia Galvaneana