Se Quiser Plantar Saudade (Antônio Pereira)


Se quiser plantar saudade
Escalde bem a semente
Plante num lugar bem seco
Onde o sol seja bem quente
Pois se plantar no molhado 
Quando crescer mata gente




*Esta flor foi escolhida pela minha mãe (Liége Lopes Ferreira) para ser lembrada. 


A Chanana ou Xanana como querem os poetas. É uma flor matinal; abre-se ao sol e permanece aberta, até por volta das 10 horas. Esse pequeno arbusto é bem adaptado ao sol forte e não exige muito trato para se desenvolver. Desprezada por muitos é arrancada do solo na condição de "mato" sem importância e relegada a condição de lixo urbano. Mas a xanana é uma flor rebelde. Quando menos se espera ela nasce exuberante. Basta chover um pouco para a cidade ficar florida. "Não se deixa cultivar, não serve para ser plantada em jarro, recusa floreira, não dá lucro a florista. Deus é o seu floricultor.  (Diógenes da Cunha lima no livro "Natal uma nova biografia")
                                                                       
Científicamente chamada de "Turnera Ulmifolia"  e popularmente conhecida com "Chanana", "Flor do Guarujá", "Flor de Mato" é encontrada em várias partes do Brasil e em grande escala no Nordeste brasileiro. Alguns gêneros da Tumera são utilizados na medicina popular como "antinflamatório, antidepressivo, e calmante. Um estudo em andamento na Universidade Federal do Maranhão,aposta na "Tintura de Chanana" como sendo uma boa opção de tratamento para pacientes com Cancer e AIDS.

"Flor teimosa, despojada, pobre. Nasce e cresce em todo lugar, em todas as direções, como a cidade de Natal, sem perder a qualidade de integração e de beleza. Flor da manhã, flor teimosa que cresce onde não se espera. Desprezada e linda, esconde a sua qualidade dos olhos apressados, dos amantes das tardes e noites natalenses". (Diógenes da Cunha lima no livro "Natal uma nova biografia")


Na correria do no nosso dia a dia, poucas pessoas param para apreciar a beleza dessa flor, que surge em todos os cantos.

*O texto e a flor foram colhidos deste blog aqui:


Fontes:
              Diógenes da Cunha Lima- "Natal-Uma nova Biografia"
              Editora Infinita imagem -2011
              Pesquisas Google - Wikpédia

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)