Baixo-ventre (Bruna Lombardi)



Eu não agüentava mais de amor por você
Tava ardendo de vontade de você
Você há de me querer
Há de tentar, se atrever
Mesmo se for delito, se for errado
Maldito, amaldiçoado
Mesmo que o céu nos castigue
Com um eterno eclipse
E venha o caos, satã, o fim de tudo
O cataclismo, o Apocalipse
e a gente seja culpado
Porque não soube resistir a tentação
Eu não quero me livrar desse pecado
E me salvo através dessa paixão.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

O Tempo (Roberto Pompeu de Toledo)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

'ATÉ QUE A MORTE...' (Rubem Alves)