Tempo e Movimento (Cavalcanti Barros)



Viajor-comando, faz-me o pensamento.
No sideral levito espaço em fora.
Além postado, o conhecer, embora,
em vão me ajude o parco entendimento.

Marcar-me encontro, aqui, no sempre-agora.
Olhar a Terra e Sol em movimento.
Sentir no Cosmos um único momento.
Não ver o tempo no pulsar da hora.

Juntar extremos em só flagrante:
Vida e morte da terra, num instante
(ver a primeira e a última explosão).

E sob o olhar de Deus, sorrindo ao lado,
um micro-ship atento e emocionado
programando um robô chamado Adão.

(Livro Tempo de Agora, pg 27)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Mulher Sem Limites (Romance de Flor) (Emanuel Galvão)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

VEM (Emanuel Galvão)