ABRI A PORTA (Dominguinhos / Gilberto Passos Gil Moreira)


Abri a porta 
Apareci
A mais bonita
Sorriu pra mim
Naquele instante
Me convenci
O bom da vida
Vai prosseguir

Vai prosseguir
Vai dar pra lá do céu azul
Onde eu não sei
Lá onde a lei
Seja o amor
E usufruir do bem, do bom e do melhor
Seja comum
Pra qualquer um
Seja quem for

Abri a porta
Apareci
Isso é a vida
É a vida, sim

<!—anuncio –>

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Cântico Negro (José Régio)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Eu Venho de Lá... (Rita Maidana)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)