'A GENTE SEMPRE DESTRÓI AQUILO QUE MAIS AMA' (Oscar Wild)



'A gente sempre destrói aquilo que mais ama;
Em campo aberto ou numa emboscada.
Uns com a leveza do carinho,
Outros com a dureza da palavra.
Os covardes destroem com um beijo,
Os valentes destroem com a espada'


.(in Balada do Carcere de Reading, 1898)
<!—anuncio –>

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Eu Te Desejo (Flávia Wenceslau)

Olhos (Ademir João da Silva)

'Eu desejo que você consiga...' (Marla de Queiroz)

Harmonia (Marla de Queiroz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Elogio ao Desejo (Emanuel Galvão)