HUM! (Dulce Melo)



Quando se ama, de fato
Não é preciso necessariamente o contato
Basta a voz
ao longe, não muito distante
Excitante!



Agora a chuva cai
e o barulho rega os pensamentos
No maior contentamento
Viajo no cheiro da terra molhada

Aterrissa a noite
Psiu...
Não queiram saber mais nada...

Copyright © 2012 by Dulce de Araújo Melo
All rights reserved.


Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

FICO ASSIM SEM VOCÊ (Abdullah / Caca Moraes)