ARTE DE AMAR (Manuel Bandeira)




Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

O Tempo (Roberto Pompeu de Toledo)

É a Vida - That's Life (Kelly Gordon / Dean Kay) Tradução