'Quantas alegrias são pisadas e esmagadas...' (Catharina Elisabeth Goethe)


'Quantas alegrias são pisadas e esmagadas porque as pessoas levantam os olhos para o céus e são indiferentes ao que está a seus pés.'

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Dois Dedos de Prosa (Marla de Queiroz)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)