Bem Devagar (Gilberto Passos Gil Moreira)

Sem correr
Bem devagar
A felicidade voltou para mim
Sem perceber
Sem suspeitarO meu coração deixou você surgir
E como o despertar depois de um sonho mau
Eu vi o amor sorrindo em seu olhar
E a beleza da ternura de sentir você
Chegou sem correr
Bem devagar
Amor velho que se perde
Sai correndo para outro ninho
Amor novo que se ganha
Vem sem pressa, vem mansinho


 
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

O Tempo (Roberto Pompeu de Toledo)