Acordo Pecado (Lelê Teles)



por que você quer que eu use vermelho?
pra te ver melhor

e por que às vezes insiste que eu use verde?
pra te ver de perto


e se eu me despir daquele vestido vinho?
eu me embriago de você


laranja?
te chupo de casca e tudo

ah, é? se acaso eu sair toda de preto?
eu morro de amores pra justificar o seu luto


de branco?
aí a gente não briga, hasteio você no meu mastro

posso usar cinza?
só depois que eu te fumar

de azul?
eu mergulho em você, profundamente

e com aquela sainha rosa?
eu te despetálo inteira em bem-me-queres

hummm, e se eu sair com aquele sapato napolitano?
eu lambo os seus pés, me derretendo

e com aquela blusinha com mangas?
eu nem espero amadurecer

e se eu mostrar as batatas das pernas?
batatas da perna, maçãs do rosto, peras dos seios, plantas dos pés... querida, eu sou vegetariano

há dias em que fico em vermelho-sangue
nesses dias eu te vampirizo

ódio! diga, por que insistes, por que me afliges, por que me feres?
preta, há dias que te quero. adias que me queres!




*veja mais do autor aqui:

 

Gostou? Compartilhe nas redes sociais.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Curta A Nossa Fanpage

Novo Livro

Novo Livro
Você pode compra-lo ligando para (82) 99653-4849

Desfrute, leia, curta e compartilhe boa leitura. Volte sempre!

O que está procurando?

Muito grato pela sua visita. Visita de Nº




Instagram

Recent In Internet

Poesia em seu Smartphone ou Iphone

Poesia em seu Smartphone ou Iphone
use seu leitor de Qr Code

Receba Novidades

RECEBA GRATUITAMENTE NOVIDADES DO BLOG!

Coloque seu e-mail abaixo:

Poesia Galvaneana