SOB O SIGNO DA INQUIETAÇÃO (Bruna Lombardi)




O susto em nós foi avançar
muito para dentro do proibido.
Muito para perto de uma zona perigosa
A boca da noite... o desconhecido...
Vagos caminhos de uma via nebulosa.
Vários conceitos para falar da mesma coisa
O susto em nós foi descobrir porteiras
De territórios nunca antes percorridos
No fundo de todos nós um visitante
No fundo, a falta de sentido...


Visitantes de nós mesmos cometíamos
a imprudência de quase enlouquecer
Para chegar à compreensão.
E uma coisa afiada nos conduzia
através da trilha da poesia
e do difícil trajeto da paixão...

*veja mais da autora aqui:

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)