RIMAS SEM CONTEÚDO... (José Reinaldo Melo Paes)



Palavras tontas ao vento
São rimas sem conteúdo
São o discurso de um mudo
Que só causa desalento.
Quem não tem discernimento
Não escreve com magia ...
Quem não tem sabedoria
Não consegue se encantar.
Só quem sonha e sabe amar
Tem o dom da poesia.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Mulher Sem Limites (Romance de Flor) (Emanuel Galvão)

'A Minha Avó Dizia-me...' (Paola Klug)

Receita Para Arrancar Poema Preso (Viviane Mosé)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)