POESIA NÃO DÁ CAMISA (Claufe Rodrigues)




Se todas as mulheres do mundo
Tivessem um terço do teu perfume
Deus morreria de ciúmes dos homens
Porque aí não haveria mais eternidade, paraíso,
Essas paisagens do amanhã.
Existiria apenas o teu sorriso de hortelã
Refrescando a minha boca
Encharcada de saliva.
Poesia não dá camisa
Mas o poeta
Quando tem uma musa
Não precisa de blusa
Vive de brisa.

*Veja mais do autor aqui:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

O Tempo (Roberto Pompeu de Toledo)

É a Vida - That's Life (Kelly Gordon / Dean Kay) Tradução