AMANHECER (Dydha Lyra)



 
Hoje,
estendi minhas roupas
no varal das lembranças...
Sob um sol causticante,
corri e tropecei
em sombras do passado.
Levantei-me,
vesti-me de luz
no novo dia,
que já se debruça,
na janela do tempo
anoitecido,
trazendo-me
estrelas e ausências,
que em mim se fazem,
desde o alvorecer!  

 
Copyright © primavera 2011 by Dydha Lyra
All rights reserved.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera! - Miryan Lucy de Rezende

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Felicidade Realista (Martha Medeiros)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Seol (Jorge Felix de Carvalho/Jürgen Von Felix)

Eu Te Desejo (Flávia Wenceslau)