TUA MUSA (Valderez de Barros)



Ah, como quero que sejas
o cobertor que me cobre;
que, delicado, me envolvas,
sem que nada falte ou sobre!


Ah, como quero que encostes
o rosto em meu travesseiro,
pra que em sonhos me deleite.
sentindo teu doce cheiro!

Se assim for, serás então,
minha paixão verdadeira,
dono do meu coração!

E em versos, em fantasia,
serei tua musa primeira,
como sonhei ser um dia!
.
Copyright © 2012 by Valderez de Barros
All rights reserved

*veja mais da autora aqui:

Comentários

  1. Obrigada, Emanuel, amigo poeta, por me colocares no teu Face. Tens a minha admiração e respeito.Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

'Somos queijo gorgonzola' (Maitê Proença)

PESSOAS VÃO EMBORA... (Marla de Queiroz)

TEM GENTE QUE TEM CHEIRO... (Ana Jácomo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)