Pacto Com a Felicidade (Orlando Alves Gomes)

Imagem
De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi: Eu hoje vou ser FELIZ ! Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que estou vivendo, respirando. Posso desfrutar de todos os recursos da natureza Gratuitamente. Não preciso comprar o canto dos pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar. Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores. Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades. Não vou julgar os atos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou aprimorar os meus. Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com saudades ! Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir.  Não vou lamentar nem amargar as injustiças. Vou pensar no que posso fazer para  Diminuir seus efeitos. Terei sempre em mente que um minuto passado,  não volta mais, vou viver todos os minutos proveitosamente. Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos, nem com atraso,  lembrando de coisas sobre as quais

CORAÇÕES FRAGMENTADOS (Emanuel Galvão)



Quantas vezes amará um coração fragmentado?
Quantos desertos atravessará em sua solidão?
A resposta está, tão somente, na perfeita aptidão
Que tem o coração para ser cruelmente maltratado.

Às vezes acho, que nunca mais amarás
Que nunca, nunca mais haverá sofrimento
Pois ora vejo, bateres descadenciado e lento
E firme nessa decisão, não voltarás atrás.

Mas percebo ajuntares os teus fragmentos
Na carência pérfida dos solitários momentos
Em que a pele implora por prazer.

E tu, coração apaixonado, teimas em ceder
Apostando na alegria, coração sem juízo
Quase se deixando abater, bates, amar é preciso.

Copyright © 2007 by
All rights reserved.

Comentários

  1. AH! quantas vezes me senti assim,fragmentada,com coração em pedaços.Mas, não é que o danado do coração sempre dá um jeitinho de se recuperar? kkkkkkkkkkkkkkk Emanuel,vc é um apaixonado poeta,é deste tipo de poeta que gosto,que transborda a paixão que tem em suas poesias, com tamanha elouqüência que quem lê fica também apaixonado.Obrigada pelo prazer que tenho ao ler suas poesias!Excelentes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elisabeth!

      Sempre muito feliz com seus comentários.
      Obrigado!
      Grande abraço!

      Emanuel Galvão

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Postagens mais visitadas deste blog

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Felicidade (Vicente de Carvalho)

Pacto Com a Felicidade (Orlando Alves Gomes)