Praia dos Ventos (Natália Monte)

Vila dos Ventos -RN

Sambei, os pés não senti
E daí? 
As contas deixei para ti,
Fugi!

Fui à praia dos ventos
Que não se apagam,
Fluem lentos,
Enganam o tempo


Lá é minha Pasárgada, 
Todo samba é bossa,
A ventania me agrada,
Toda poesia é prosa

Problemas? Longe de mim! 
Tenho a praia que é só minha,
E sussurra brisas sem fim,
Das terras todas, é a rainha

Na praia dos ventos, crio asa
E vou, para longe
Até que o corpo canse,
Até bem longe de casa 

*Veja mais da autora aqui:




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

O Tempo (Roberto Pompeu de Toledo)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

'ATÉ QUE A MORTE...' (Rubem Alves)