Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Timidez - Eu Que Não Sei Falar de Amor (Emanuel Galvão)

Imagem
  Meu corpo deseja teu calor Volúpia que me faz enlouquecer Com fúria e sem nenhum pudor E a certeza de não te esquecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você As flores exalam seu olor Antes que possam fenecer O sol fornece seu calor Antes da noite o esconder  Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Talvez haja um pouco de temor Mas preciso então esclarecer Revelar-me parece libertador Senão, sou capaz de padecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Das paixões sou colecionador Mas você me fez amolecer Com seu jeitinho encantador E beleza que não posso descrever Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Escrever é algo desafiador Mas que se pode aprender Amante não tem procurador Ninguém pode substabelecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Menina te falo com muito ardor Para você jamais me esquecer Ser poeta ou ser um trovador Nem se compara em te satisfazer Eu que não sei falar de amor Resolvi es

Ei! Sorria!!! (Cris Passinato)

Imagem
Sorria. Mas não se esconda atrás deste sorriso. Mostre aquilo que você é. Sem medo. Existem pessoas que sonham. Viva. Tente. Felicidade é o resultado desta tentativa. Ame acima de tudo. Ame a tudo e a todos. Não faça dos defeitos uma distância e, sim uma aproximação.

Receita de Ano Novo (Carlos Drummond de Andrade)

Imagem
Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido). Para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior). Novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações

Felicidade Realista (Martha Medeiros)

Imagem
De norte a sul, de leste a oeste, todo mundo quer ser feliz. Não é tarefa das mais fáceis. A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos. Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimos, sarados, irresistíveis. Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica, a bolsa Louis Vitton e uma temporada num spa cinco estrelas. E quanto ao amor? Ah, o amor… não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.

Pequeno Tratado sobre a Mortalidade do Amor (Alexandre Inagaki)

Imagem
Todos os dias morre um amor. Quase nunca percebemos, mas todos os dias morre um amor. Às vezes de forma lenta e gradativa, quase indolor, após anos e anos de rotina. Às vezes melodramaticamente, como nas piores novelas mexicanas, com direito a bate-bocas vexaminosos, capazes de acordar o mais surdo dos vizinhos. Morre em uma cama de motel ou em frente à televisão de domingo. Morre sem beijo antes de dormir, sem mãos dadas, sem olhares compreensivos, com gosto de lágrima nos lábios. Morre depois de telefonemas cada vez mais espaçados, cartas cada vez mais concisas, beijos que esfriam aos poucos. Morre da mais completa e letal inanição. Todos os dias morre um amor. Às vezes com uma explosão, quase sempre com um suspiro. Todos os dias morre um amor, embora nós, românticos mais na teoria do que na prática, relutemos em admitir. Porque nada é mais dolorido do que a constatação de um fracasso. De saber que, mais uma vez, um amor morreu. Porque, por mais que não queiramos aprender, a vid

Deve Haver Mais Na Vida do Que Isso - There Must Be More To Life Than This (Freddie Mercury)

Imagem
* Deve haver mais na vida do que isso Deve haver mais na vida do que isso Como vivemos em um mundo sem amor Consertando todos os corações partidos Acompanhando os rostos chorosos Deve haver mais na vida do que viver Deve haver mais do que os olhos veem Por que deveria ser apenas um caso de preto ou branco Deve haver mais na vida do que isso Porque esse mundo é tão cheio de ódio Pessoas morrendo em todo lugar E destruímos o que nos criamos Pessoas lutando por direitos humanos Mas a gente segue em frente dizendo c'est la vie Então isso é vida Deve haver mais vida do que matar A melhor maneira para a nossa sobrevivência Que bom é a vida, no final todos nós devemos morrer Deve haver mais na vida do que isso Deve haver mais na vida do que isso Deve haver mais na vida do que isso Eu vivo e esperança para um mundo cheio de amor Então todos nós podemos apenas viver em paz Deve haver mais na vida, muito mais a vida Deve haver mais vida, mais vida do que isso. Ouça a música em ing

'O Medo do Amor' (Marla de Queiroz)

Imagem
Eu não tenho medo do amor. Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele. Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências. É como viver apenas a possibilidade de algo, mas com a sensação de que ela nunca se estabelecerá. É ficar intranqüilo não com o amanhã, mas com os próximos minutos.

Natal Nordestino (Eliezer Setton)

Imagem
Eu pensei que todo mundo Sem primeiro nem segundo Fosse filho de Papai-do-Céu Eu pensei de brincadeira Numa vida de primeira Onde eu tenha o que eu queira De verdade em vez de no papel

Velha manjedoura (Luciano Barbosa)

Imagem
  Noite fria e escura; céu tão triste. Tanto silêncio: as ruas estão de luto, A lua e estrelas lançam um brilho bruto, Quase parece que o viver não existe.

O Caminho Branco (Lêdo Ivo)

Imagem
Lêdo Ivo (1924 – 2012) Vou por um caminho branco Viajo sem levar nada. Minhas mãos estão vazias. Minha boca está calada. Vou só com o meu silêncio e a minha madrugada. Não escuto, entre os barrancos, a voz do galo estridente que, na treva do terreiro, anuncia as alvoradas. Nem mesmo escuto a minha alma: não sei se ela vai dormindo ou me acompanha acordada, se ela é vento ou se ela é cinza ou nuvem rubra raiante no dia que se levanta como vela desdobrada em nave que corta as vagas. Não sei nem mesmo se é alma ou apenas sal de lágrimas.

Uma Paixão Sedutora (Socorro Monteiro)

Imagem
Um dia um homem apaixonado por uma arte me contaminou com o vírus da sedução das imagens com a mesma avidez do poeta que atrai pela palavra. E como a terra que faz nascer a semente nas suas entranhas, ele fez germinar dentro de mim o interesse de viajar no mundo do cinema.

O Natal Existe - Bom Natal (Edson Borges)

Imagem
Quero ver você não chorar Não olhar pra trás Nem se arrepender do que faz Quero ver o amor crescer Mas se a dor nascer Você resistir e sorrir Se você pode ser assim Tão enorme assim eu vou crer Que o natal existe Que ninguém é triste Que no mundo ha sempre amor Bom natal Um feliz natal Muito amor e paz prá você Prá você

'Quantas alegrias são pisadas e esmagadas...' (Catharina Elisabeth Goethe)

Imagem
' Quantas alegrias são pisadas e esmagadas porque as pessoas levantam os olhos para o céus e são indiferentes ao que está a seus pés.'

Receita de Dona Cacilda (Legrand)

Imagem
Dona Cacilda é uma senhora de 92 nos, miúda, e tão elegante, que todo o dia, às 8 da manhã ela já está toda vestida, bem penteada e discretamente maquiada, apesar de sua pouca visão. E hoje ela se mudou para uma casa de repouso: o marido, com quem ela viveu 70 anos, morreu recentemente, e não havia outra solução. Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando a atendente veio dizer que seu quarto estava pronto. Enquanto ela manobrava o andador em direção ao elevador, eu dei uma descrição do seu minúsculo quartinho, inclusive das cortinas de tecido florido que enfeitavam a janela. Ela me interrompeu com o entusiasmo de uma a garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho. "Ah, eu adoro essas cortinas." "Dona Cacilda, a senhora ainda não viu seu quarto, espera mais um pouco." "Isso não tem nada a ver, ela respondeu, felicidade é algo que você decide por princípio. Se eu vou gostar ou

Recomeçar - ou Faxina na Alma (Paulo Roberto Gaefke)

Imagem
Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou, o que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar". Recomeçar é dar uma nova  chance a si mesmo. É renovar as esperanças na vida e o mais importante: acreditar em você de novo.

Baixo-ventre (Bruna Lombardi)

Imagem
Eu não agüentava mais de amor por você Tava ardendo de vontade de você Você há de me querer Há de tentar, se atrever

'Sobre a amizade' (Khalil Gibran)

Imagem
' O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade, mas não o teu vazio.'

'Eu desejo que você consiga...' (Marla de Queiroz)

Imagem
Eu desejo que você consiga perceber a sua força, por causa e apesar de. Que saiba que é grandioso demais para achar que não é, mas que, às vezes, têm limitações que precisam ser trabalhadas. Eu desejo que você, antes de me contar seus defeitos, que fale sobre as suas qualidades, as essenciais, porque o material não te faz mais bonito ou menos interessante, seu coração é a sua nobreza.

'Que você tenha tranquilidade para viver...' (Lou Bertoni)

Imagem
'Que você tenha tranquilidade para viver, que o dinheiro venha como resposta saudável do trabalho que o faz acordar cedo todos os dias, que suas apostas não sejam no outro mas em você mesmo, que a sua felicidade dependa do que você fizer e não do que fizerem por você, que domingos sejam mais do que churrascos gordurosos, que milagres aconteçam quando você pedir com fé, que ninguém mude sua vida sem que você consinta, que seus vizinhos gostem de boa música. E, acima de tudo, que você seja muito feliz com a futura pessoa na qual está se transformando.'

'Um beijo...' (Jean Rostand)

Imagem
'Um beijo é um segredo que se diz na boca e não no ouvido.'

Navegue (trecho) (Silvana Duboc)

Imagem
(...) Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! 

Canção do Dia de Sempre (Mário Quintana)

Imagem
Tão bom viver dia a dia... A vida assim, jamais cansa... Viver tão só de momentos Como estas nuvens no céu... E só ganhar, toda a vida, Inexperiência... esperança... E a rosa louca dos ventos Presa à copa do chapéu. Nunca dês um nome a um rio: Sempre é outro rio a passar. Nada jamais continua, Tudo vai recomeçar! E sem nenhuma lembrança Das outras vezes perdidas, Atiro a rosa do sonho Nas tuas mãos distraídas...

Praia dos Ventos (Natália Monte)

Imagem
Vila dos Ventos -RN Sambei, os pés não senti E daí?  As contas deixei para ti, Fugi! Fui à praia dos ventos Que não se apagam, Fluem lentos, Enganam o tempo

Anotações Importantes (Emanuel Galvão)

Imagem
Quando você chegar Vai encontrar o almoço Pronto na geladeira A planta já foi regada Deixe o vale da empregada Limpe tudo depois Que eu não estou de brincadeira E também muito cansada

A Carne (Seu Jorge / Marcelo Yuca / Wilson Capellette

Imagem
A carne mais barata do mercado é a carne negra Que vai de graça pro presídio E para debaixo de plástico Que vai de graça pro subemprego E pros hospitais psiquiátricos

Brincar de Viver (Guilherme Arantes)

Imagem
Quem me chamou Quem vai querer voltar pro ninho E redescobrir seu lugar Pra retornar E enfrentar o dia-a-dia Reaprender a sonhar

Por que você ama quem você ama? (Martha Medeiros)

Imagem
Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta. O amor não é chegado a fazer contas, não obedece a razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo.

Mãe (Mário Quintana)

Imagem
Mãe... São três letras apenas As desse nome bendito: Também o Céu tem três letras... E nelas cabe o infinito.

Deus Abençoe a África - Hino da Africa do Sul - tradução e original (Enoch Sontonga)

Imagem
Nelson Mandela Deus abençoe a África Que suas glórias sejam exaltadas Ouça nossas preces Deus nos abençoe, porque somos seus filhos

Maceió (Cavalcanti Barros)

Imagem
Foto: Juliano Pessoa De manhã, quando o sol nasce, Deus Netuno (vejam só!) Põe pingos de mar na face e vem beijar Maceió. -

Maceió (Lourival Passos)

Imagem
Ai, ai Que saudade, a i que dó Viver longe de Maceió

Pensar em Você (Chico César)

Imagem
É só pensar em você Que muda o dia Minha alegria dá pra ver Não dá pra esconder Nem quero pensar se é certo querer O que vou lhe dizer Um beijo seu E eu vou só pensar em você

Bem Devagar (Gilberto Passos Gil Moreira)

Imagem
Sem correr Bem devagar A felicidade voltou para mim Sem perceber Sem suspeitar O meu coração deixou você surgir E como o despertar depois de um sonho mau Eu vi o amor sorrindo em seu olhar E a beleza da ternura de sentir você Chegou sem correr Bem devagar Amor velho que se perde Sai correndo para outro ninho Amor novo que se ganha Vem sem pressa, vem mansinho      

Não Deixe o Samba Morrer (Edson Conceição / Aloísio)

Imagem
Quando eu não puder Pisar mais na avenida Quando as minhas pernas Não puderem aguentar Levar meu corpo Junto com meu samba O meu anel de bamba Entrego a quem mereça usar

'Novelo de Delícias' (Marla de Queiroz)

Imagem
Abro as pernas e as palavras se contraem: tua língua se apropria do meu texto, tua fala sempre tão bem dita. Fecho os olhos: teu poema me penetra, nossas palavras gemem, a poesia grita. 

Errar é Humano (Antonio Pecci Filho - Toquinho / Elifas Andreato)

Imagem
Não, não é vergonha, não, Você não ser o melhor da escola, Campeão de skate, o bom de bola ou de natação. Não, não é vergonha, não, Aprender a andar de bicicleta Se escorando em outra mão.