ARTISTA (Natália Monte)


Retrato de Françoise (1946), Pablo Picasso

Não sou ourives, parnasianos,
Mas sei tecer: teço teus planos
Em meu tear cheio de prantos
A te molhar

Não sou Pandora, olimpianos,
Mas de mistérios me alimento
E das façanhas de todos os anos
Nos quais em ti busquei alento

Não sou simetria, neoclássicos,
Minhas telas correm soltas como Picasso
E vou deixando a cada passo
O mundo ainda menos estático

Artista é quem se expressa
Com a liberdade de um condor
Tamanha autenticidade dessa,
Voa alto aonde quer que for

E artista hei de ser,
Até não mais respirar
Oscilando entre céu e terra
Para quiçás, assim, poder voar.



Copyright © 2012 by Natália Monte
All rights reserved.


*veja mais da autora aqui:


Gostou? Compartilhe nas redes sociais.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Curta A Nossa Fanpage

Novo Livro

Novo Livro
Você pode compra-lo ligando para (82) 99653-4849

Desfrute, leia, curta e compartilhe boa leitura. Volte sempre!

O que está procurando?

Muito grato pela sua visita. Visita de Nº




Instagram

Recent In Internet

Poesia em seu Smartphone ou Iphone

Poesia em seu Smartphone ou Iphone
use seu leitor de Qr Code

Receba Novidades

RECEBA GRATUITAMENTE NOVIDADES DO BLOG!

Coloque seu e-mail abaixo:

Poesia Galvaneana