Matemática - Poemas para estudantes (Emanuel Galvão)



Um
Dois
Três
Quatro...
O número é infinito
O meu amor por você também
Pena que não saiba contar
Medo de ser reprovado na tabuada
Amor que não se revela
Não vale...
Noves fora nada.


Copyright © 2007 by Emanuel Galvão
All rights reserved.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Eu Te Desejo (Flávia Wenceslau)

Olhos (Ademir João da Silva)

'Eu desejo que você consiga...' (Marla de Queiroz)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Elogio ao Desejo (Emanuel Galvão)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)