Dança Circular (Cida Lima)



A roda gira...
Dois pra lá
Três pra cá
Vai e volta
A avançar.
A cada passo
Me uno
Sigo o compasso
Sem perder o prumo.
Rodo rodo
Me esquento
Relaxando
O pensamento
Sem cochilo
Sigo sempre
Sem vacilo
Vou em frente
Como na roda circular
A vida é semelhante
Faço o meu sem só estar
Numa união impressionante.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Felicidade (Vicente de Carvalho)

Eu Venho de Lá... (Rita Maidana)