"Ele tocou..." (Rupi Kaur)


ele tocou
meu pensamento
antes de chegar
à minha cintura
meu quadril
ou minha boca
ele não disse que eu era
bonita de primeira
ele disse que eu era
extraordinária

- como ele me toca





*do livro outros jeitos de usar a boca.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

Literatura das Ruas (Sergio Vaz)