Ars Poética (Paulo Sabino)


marcar o papel a palavra
fogo
coisa que queime,
que permita combustão

rasgar a folha a metáfora
faca
coisa que corte,
que sangre emoção

lamber a linha a imagem
língua
coisa que arrepie,
que concentre tesão

molhar o branco a figura
água
coisa que inunde,
que contemple imensidão

Comentários

POSTAGENS MAIS VISISITADAS

Ela é Mar (Ademir João da Silva)

Só quem vive bem os agostos é merecedor da primavera! - Miryan Lucy de Rezende

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)

'Eu te convido...' (Marla de Queiroz)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

O MEU PAíS (Livardo Alves, Orlando Tejo, Gilvan Chaves)