A Caixa de Brinquedos (Rubem Alves)

Imagem
  A idéia de que o corpo carrega duas caixas —uma caixa de ferramentas, na mão direita, e uma caixa de brinquedos, na mão esquerda— apareceu enquanto eu me dedicava a mastigar, ruminar e digerir santo Agostinho. Como você deve saber, eu leio antropofagicamente. Porque os livros são feitos com a carne e o sangue daqueles que os escrevem. Dos livros, pode-se dizer o que os sacerdotes dizem da eucaristia: "Isso é o meu corpo; isso é a minha carne". Santo Agostinho não disse como eu digo. O que digo é o que ele disse depois de passado pelos meus processos digestivos. A diferença é que ele disse na grave linguagem dos teólogos e filósofos. E eu digo a mesma coisa na leve linguagem dos bufões e do riso. Pois santo Agostinho, resumindo o seu pensamento, disse que todas as coisas que existem se dividem em duas ordens distintas. A ordem do "uti" (ele escrevia em latim ) e a ordem do "frui". "

Pontos Demarcados Para o Beijos (Emanuel Galvão)

Foto:  Waltembergue Rodrigues

Sinais são pontos demarcados para o beijo
Miro neles o meu desejo
Como se fossem alvos graciosos
Que em momentos ociosos
Meus lábios vão percorrer

Cada um tem sua beleza
Unto os lábios com delicadeza
Fito-os com doçura
E com aplicada destreza
Como que para aquecer
Sopro e os agasalho
Misto de maldade e ternura
Deliciosa tortura
Que te faz enlouquecer.

É sinal de intimidade
Beijar os mais escondidos
Os casos de raridade
De difícil acessibilidade
Onde o calor os conserva
Dos olhares cobiçosos
Desperta em quem os observa
Afagos mais cuidadosos
E também mais demorados
Como convém aos namorados.

Quando vi teu corpo cheio de sinais...
Fiquei um tanto extasiado.
Lindo! Não sabia onde mirar
Esse corpo feito para amar
Deleite dos apaixonados
Cheio de pontos, demarcados.
- Aos céticos alucinais! -
É preciso ver para crer
Um corpo que possa parecer
Um céu, único e estrelado.

Copyright © 2015 by Emanuel Galvão
All rights reserved.

- Do Livro Elogio ao Desejo & Outras Palavras - Editora QuadriOffice 2015, pg 32.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Eu Te Desejo (Flávia Wenceslau)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Felicidade (Vicente de Carvalho)

'UMA OSTRA QUE NÃO FOI FERIDA NÃO PRODUZ PÉROLAS' (Rubem Alves)

Gritaram-me Negra (Victoria Santa Cruz)