Pacto Com a Felicidade (Orlando Alves Gomes)

Imagem
De hoje em diante todos os dias ao acordar, direi: Eu hoje vou ser FELIZ ! Vou lembrar de agradecer ao sol pelo seu calor e luminosidade, sentirei que estou vivendo, respirando. Posso desfrutar de todos os recursos da natureza Gratuitamente. Não preciso comprar o canto dos pássaros, nem o murmúrio das ondas do mar. Lembrarei de sentir a beleza das árvores, das flores. Vou sorrir mais, sempre que puder. Vou cultivar mais amizades e neutralizar as inimizades. Não vou julgar os atos dos meus semelhantes ou companheiros. Vou aprimorar os meus. Lembrarei de ligar para alguém para dizer que estou com saudades ! Reservarei minutos de silêncio, para ter a oportunidade de ouvir.  Não vou lamentar nem amargar as injustiças. Vou pensar no que posso fazer para  Diminuir seus efeitos. Terei sempre em mente que um minuto passado,  não volta mais, vou viver todos os minutos proveitosamente. Não vou sofrer por antecipação prevendo futuros incertos, nem com atraso,  lembrando de coisas sobre as quais

'Uma Prece Orvalhada de Saudade' (Antônio Manoel Sá Cavalcanti)



Por minha mãe uma prece orvalhada de saudade mesclada de gratidão,
prece de ação de graças do fundo do coração.
Por minha mãe uma prece cheia de santas lembranças,
das cantigas de ninar, das rezas ensinadas, das estórias engraçadas
das milagrosas meizinhas que me curavam e me davam nova vida.
Por minha mãe uma prece com as palavras que vem da alma,
e que como uma brisa me acalma e alimenta a esperança.
Esperança que traz a certeza de um dia num reencontro,
sentarmos a mesma mesa e fazermos uma refeição,
quem sabe cantarmos uma canção e sorrindo como outrora,
no alvorecer de nova aurora iniciarmos uma nova e eterna história.


Antonietta sua prece quando nos despedíamos :
" Vai meu filho, Deus na frente a Paz na guia, vai com Deus e a Virgem Maria!"
E eu só dizia AMÉM!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Votos (Sérgio Jockymann)

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

A Reunião dos Bichos (Antônio Francisco)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

'ATÉ QUE A MORTE...' (Rubem Alves)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

Felicidade (Vicente de Carvalho)