Timidez - Eu Que Não Sei Falar de Amor (Emanuel Galvão)

Imagem
  Meu corpo deseja teu calor Volúpia que me faz enlouquecer Com fúria e sem nenhum pudor E a certeza de não te esquecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você As flores exalam seu olor Antes que possam fenecer O sol fornece seu calor Antes da noite o esconder  Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Talvez haja um pouco de temor Mas preciso então esclarecer Revelar-me parece libertador Senão, sou capaz de padecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Das paixões sou colecionador Mas você me fez amolecer Com seu jeitinho encantador E beleza que não posso descrever Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Escrever é algo desafiador Mas que se pode aprender Amante não tem procurador Ninguém pode substabelecer Eu que não sei falar de amor Resolvi escrever para você Menina te falo com muito ardor Para você jamais me esquecer Ser poeta ou ser um trovador Nem se compara em te satisfazer Eu que não sei falar de amor Resolvi es

Mulher Sem Limites (Romance de Flor) (Emanuel Galvão)




Você já figura no meu coração

Descalça e sem roupa como num salão

Tão bela e tão doce, mulher sem limites

Quem dera que fosse... E assim exististes

Dançando ao ritmo de minha pulsação.

 

Não cabes em rótulos, por que caberias?

Palavras ou versos, talvez te seduza...

Então, só então, tu abras tua blusa

E ardente, insana, tu permitirias

Volúpias intensas de terna paixão.

 

Porque minha pele não te resistiria

Es bela não nego, sou tão negligente

Foras apenas bela, mas és inteligente

Não encontro virtude que assim a alcance

Melhor te amar, assim de relance

 

Sem ilusões, sem juras de amor

Romance de flor, sem dor sem espinho

Caindo as pétalas, restará: odor e carinho

Assim em meu sonho, te possuo inteira

Te amando pleno, não de qualquer maneira.


Copyright © 2020 by Emanuel Galvão
All rights reserved.


*Foto by: Ana Cruz

 


 


Comentários

  1. Que lindo esse poema!! Parabéns pela criatividade. Amo acompanhar seu blog. As fotos são incríveis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja sempre bem-vida! Que bom que gosta. Esta foto em especial é da Ana Cruz. A modelo é linda, pena que não nos pode brindar com seu rosto. Fique a vontade, leia curta e compartilhe, boa leitura.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Ele é importante para nós. Apos verificação ele será publicado.

Postagens mais visitadas deste blog

MEUS SECRETOS AMIGOS (Paulo Sant'Ana)

A FLOR E A FONTE (Vicente de Carvalho)

Os Votos (Sérgio Jockymann)

Eu não gosto de você, Papai Noel!... (Aldemar Paiva)

Felicidade (Vicente de Carvalho)

Da Calma e do Silêncio (Conceição Evaristo)

Timidez - Eu Que Não Sei Falar de Amor (Emanuel Galvão)

Reinauguração (Carlos Drummond de Andrade)